Boletim - Junho 2018

Fundação Energia e Saneamento

Memória



Trabalhos noturnos na construção da Usina Ilha Solteira, maior hidrelétrica do Estado de São Paulo. Abril, 1972


Projeto promove difusão de 3 mil documentos sobre a história da energia no Estado de São Paulo


Em setembro, a Fundação Energia e Saneamento entrega um de seus mais importantes projetos em andamento: o de organização e digitalização de mais de 3 mil documentos textuais de seu acervo histórico. Os arquivos, de origem da Cesp - Companhia Energética de São Paulo, foram produzidos ao longo do século 20, importante período na história brasileira em que ocorreu a construção de grandes usinas hidrelétricas, com o aumento da demanda por eletricidade em virtude do crescimento populacional e industrialização do país.

Companhia estatal criada em 1966 da fusão de 11 empresas, a Cesp e suas formadoras foram responsáveis pela construção das principais geradoras de energia do Estado de São Paulo, entre os anos 1950 e 1980. O projeto de difusão e digitalização da documentação textual do acervo da Fundação, a ser disponibilizada para acadêmicos e pesquisadores em banco online, compreende, entre outros, arquivos históricos sobre as hidrelétricas Ilha Solteira, Jupiá e Porto Primavera, principais usinas do Estado - juntas, elas correspondem por cerca de 50% da energia hidrelétrica gerada em São Paulo.

Organizados em 231 caixas e 93 pastas, totalizando 37 metros lineares de documentação, os arquivos reúnem material diverso como estudos, relatórios, correspondências e clippings de imprensa sobre as atividades da Cesp. Rica fonte de pesquisa para a história da energia, do trabalho, da tecnologia, do desenvolvimento urbano, transformação da paisagem, meio ambiente, entre outras, o acervo poderá fornecer subsídios a pesquisadores de várias áreas do conhecimento, como História, Geografia, Engenharia, Arquitetura e Sociologia.

Os trabalhos no material foram iniciados em janeiro de 2018 e, no momento, a equipe da Fundação atua nas etapas de higienização e catalogação, além da digitalização de uma seleção do acervo. A previsão é de que o projeto seja finalizado em setembro, com a disponibilização de todo o material para consulta, em catálogo, no acervo online da instituição. Interessados no projeto podem entrar em contato pelo e-mail pesquisa@energiaesaneamento.org.br.

A organização do material foi possibilitada por meio do projeto "Digitalização e difusão de documentação textual do Fundo CESP - Acervo Fundação Energia e Saneamento", contemplado no PROAC Edital 16/2017, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.





Equipe da Fundação atua, no momento, na higienização, catalogação e digitalização de documentos sobre as usinas hidrelétricas e outros documentos de origem da Cesp




Higienização a seco está sendo realizada, entre outras, na documentação
das Usinas Ilha Solteira e Jupiá, que formavam o "Complexo de Urubupungá".

Rede Museu da Energia


Museu da Energia de SP
recebe intervenção artística
de Flora Assumpção


Neste sábado (07/07), às 11 horas, o Museu da Energia de São Paulo passa a receber a intervenção artística "Trepante", da mineira Flora Assumpção. A obra, tridimensional e penetrável, é uma intervenção na arquitetura externa do museu, cujo desenho toma parcialmente suas estruturas com plantas verdes artificiais, e que busca instigar uma reflexão sobre as relações do ser humano com o mundo natural. O museu possui entrada gratuita e a obra, de caráter efêmero, fica no espaço até 24 de novembro.

Desde sua reabertura, em janeiro de 2018, o Museu da Energia de São Paulo passou a receber obras de arte contemporânea e street art, com a criação de uma galeria permanente de grafite e pinturas murais em sua área externa. O objetivo é atrair novas públicos ao museu e tratar de temas de interesse do espaço, como história, ciência, tecnologias e sustentabilidade, a partir de diferentes linguagens artísticas.




Plantas artificiais formam obra de Flora Assumpção no Museu da Energia

Espaço das Águas


Guará recebe mostra sobre
uso consciente da água


A partir do dia 5 de julho (quinta-feira), a exposição "Água: Energia do Planeta Terra", produzida pela Fundação Energia e Saneamento, chega à cidade paulista de Guará. A mostra, que busca levantar uma reflexão sobre o uso consciente dos recursos hídricos por meio de charges, fica até o dia 15 de agosto na Câmara Municipal (Avenida Francisco de Paula Leão, 400).

Desde o início do ano, a exposição está em itinerância pelas cidades da mesorregião de Ribeirão Preto, em uma parceria com o Sistema Estadual de Museus de São Paulo - SISEM SP (regional Franca) e a Associação Cultural Paulo Duarte.





Exposição de charges fica até 15 de agosto em Guará - SP

Notícias


Em Salesópolis, público tem entrada gratuita na primeira quinzena de julho

No dia 5 de julho (quinta-feira), o Museu da Energia de Salesópolis completa 18 anos de serviços prestados à comunidade da região do Alto Tietê. Segunda atração turística mais visitada de Salesópolis, o museu aproveita o clima de Copa do Mundo e lança uma promoção especial. Até o final do torneio mundial, na primeira quinzena de julho (1 a 15/7), o público que visitar o espaço vestindo a camisa de alguma das seleções da Copa terá entrada gratuita. Informações e agendamento de trilhas pelo telefone 11 4696-1332.




Gratuidade a visitantes celebra os 18 anos do Museu da Energia de Salesópolis


Centro histórico de Itu abriga feira cultural "Arte no Beco"

No dia 8 de julho (domingo), das 11 às 16 horas, o Centro Histórico de Itu recebe a 16ª edição do projeto "Arte no Beco", que acontece no Passeio Público Marcos Steiner Neto, conhecido popularmente como Becão, ao lado do Museu da Energia. Nessa edição, o evento contará com diversas atrações para toda a família, entre elas música, artes cênicas, artesanato, gastronomia e oficinas.

Durante o domingo, o Museu da Energia de Itu estará aberto gratuitamente com as exposições "História, Energia e Cotidiano", "Os ituanos e a chegada da luz" e "Nas ondas da Copa", mostra temporária que apresenta curiosidades sobre a Copa do Mundo. A partir das 15 horas, o educativo do museu também promove a contação de história "Zeus e os Raios". Na encenação, as personagens Zeus, Polinho e Temis se envolvem em uma divertida pesquisa para entender como surgem os raios e como é possível ajudar os humanos a se protegerem deles.




Feira cultural reúne diversas atrações no beco ao lado
do Museu da Energia de Itu


Corpo Editorial: 
Isabel Felix e Mariana de Andrade
Apoio à pesquisa: Maria Fernanda Freitas
Webdesign: Fernando de Sousa Lima
Copyright © 2018 Fundação Energia e Saneamento. Todos os direitos reservados.
As imagens sem identificação pertencem ao acervo da Fundação Energia e Saneamento.


Política Anti-SPAM: Em respeito a você, caso não queira mais receber nossas Mensagens
Eletrônicas clique aqui  e envie um e-mail com a palavra REMOVER.

Contato: imprensa@energiaesaneamento.org.br



Rede Museu da Energia
Espaço das Águas


@energiaesaeamento











This email was sent to *|EMAIL|*
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
*|LIST:ADDRESSLINE|*

*|REWARDS|*
Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web